11 de Setembro de 2001- cães heróis

Onze de Setembro… com certeza muitas pessoas ao ouvirem essa data, logo se lembram dos tristes e trágicos atentados terroristas que ocorreram em 2001 onde dois aviões colidiram intencionalmente as contra as Torres Gêmeas do complexo empresarial do World Trade Center, na cidade de Nova Iorque, tirando muitas vidas de pessoas que trabalhavam nos edifícios  (muito triste mesmo!).

O que muitos não sabem é que mais de 10 mil socorristas foram enviados ao local das Torres Gêmeas e entre eles, estavam cerca de 100 cães farejadores que estavam ajudando na busca por sobreviventes. Isso mesmo. Muitas pessoas sobreviveram graças aos “anjos de 4 patas”!

1

Fonte das imagens: google

2

Fonte das imagens: google

3

Busca por sobreviventes: Os cães trabalharam dia e noite na esperança de encontrar alguém ainda vivo no local do World Trade Center (fonte http://www.dailymail.co.uk/).

A maioria dos cães que participaram dos resgates no World Trade Center são das raças: Labradores, Golden Retrievers e Pastores Alemães. Dez anos depois, apenas 12 desses animais estão vivos.

Segundo o jornal “Daily Mail” os cães foram treinados para encontrar pessoas vivas nas primeiras semanas e após isso, continuaram sua busca por pessoas já sem vida, ajudando os bombeiros e equipes de resgate.

Abaixo, algumas fotos dos cães que trabalharam incansavelmente a procura de sobreviventes nos escombros, juntamente com inúmeros trabalhadores dos serviços de emergência e membros do público.

4

Moxie, de Winthrop, Massachusetts, chegou com seu treinador, Mark Aliberti, no World Trade Center na noite de 11 de setembro e participou das buscas por oito dias (fonte http://www.dailymail.co.uk/).

5

Tara, de Ipswich, Massachusetts, chegou ao World Trade Center, na noite do dia 11. O cão e seu treinador Lee Prentiss estavam lá por oito dias (fonte http://www.dailymail.co.uk/).

6

Kaiser, na foto em casa, em Indianapolis, Indiana, chegou no World Trade Center em 11 de setembro e procurou incansavelmente por vidas nos escombros (fonte http://www.dailymail.co.uk/).

7

Guinness, de Highland, Califórnia, começou a trabalhar no local com Sheila McKee, na manhã de 13 de Setembro e participou das buscar por 11 dias (fonte http://www.dailymail.co.uk/).

8

Bretagne faz uma pausa do trabalho no local do atentado, com sua adestradora Denise (fonte http://www.dailymail.co.uk/).

Por Lara Torrezan.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s