Castração: que benefícios trazem ao meu pet?

Imagem

Muitas pessoas desconhecem os benefícios da castração de seus pets. Quando o objetivo não é reprodução, o pet deve ser castrado até mesmo antes de atingir a puberdade (castração precoce).

A castração tanto de machos como de fêmeas previne o surgimento de diversas doenças e contribui para a qualidade de vida aos animais.

Dentre as principais patologias nas fêmeas destacam-se a piometra e as neoplasias mamárias, duas causas importantes de óbitos entre cadelas e gatas. Nos machos as neoplasias testiculares e as inflamações nos testículos e epidídimos são bastante frequentes.

As vantagens da castração são múltiplas em fêmeas, como a redução do risco neoplasia mamária (câncer de mama), piometra, (infecção bacteriana no endométrio), ausência de doenças ovarianas (tumores ovarianos, cistos ovarianos), pseudociese (gravidez psicológica), hipertrofia mamária felina, hiperplasia ou prolapso vaginal, entre outras doenças dependentes hormonais.

Doenças associadas ao acasalamento também podem ser evitadas como gestações indesejadas e TVT (tumor venéreo transmissível).

Ela ainda, pode ainda auxiliar no controle de algumas doenças endócrinas (diabetes) e dermatoses como sarna demodécica generalizada.

Nos machos a castração (orquiectomia) diminui ou até evita os hábitos de demarcação de território com urina. Como os pets perdem a libido (uma vez que o estímulo hormonal diminui progressivamente),  não copulam mais, o que previne doenças como o TVT (tumor venéreo transmissível) e diminui fugas atrás de fêmeas no cio evitando atropelamentos, envenenamentos, brigas e consequentemente o contágio com algumas doenças infecciosas transmitidas pela saliva como a Raiva.

A castração diminui ainda, as incidências de doenças como tumor de próstata e tumor de testículo.

Devemos ressaltar que tudo irá depender da fase da vida em que os pets serão castrados.

O preço de uma castração pode variar muito, entretanto, a longo prazo, sempre será o melhor custo benefício, visto que poderá evitar muitas doenças e consequentemente seus tratamentos, prolongando e melhorando a qualidade de vida do seu animal.

E lembre-se: a gestação indesejada é a grande responsável por tantos animais abandonados e maltratados.

 

Por: Dra Lara Torrezan- Médica Veterinária.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s