Automutilação: saúde e bem-estar mental são fundamentais para o equilíbrio das aves

Não são raros os casos de aves domésticas que possuem o hábito de se bicar ou arrancar as próprias penas. Esse distúrbio comportamental recebe o nome de automutilação e tem como causas o estresse, a infestação de ectoparasitas entre as penas ou pode surgir devido a uma deficiência nutricional. É o que explica a médica veterinária coordenadora de marketing do Laboratório Veterinário Mundo Animal, Amanda Cologneze Brito.

Segundo Amanda, o dono consegue notar quando a ave apresenta o distúrbio, mas apenas um médico veterinário será capaz de descobrir a causa primária da automutilação, algo fundamental para que o tratamento seja eficaz. “Se a causa for a infestação de ectoparasitas, por exemplo, é preciso eliminá-los ou o animal pode continuar se automutilando”, explica Amanda. “Em casos como esse, utilizar apenas produtos inibidores, que evitam que o animal se bique, não é algo eficaz, pois a causa permanecerá nele”, completa.

Entre os produtos utilizados no tratamento da automutilação estão os antiparasitários e suplementos alimentares. Quando a causa é a deficiência nutricional, há veterinários que optam por modificar a dieta da ave. “Já em casos em que a causa é o estresse, é comum que o especialista recomende ao dono analisar seu animal e ver se ele vive bem naquele ambiente, pois a mudança do ambiente ou a inserção de novos animais levam ao estresse”, conta a veterinária.

Quanto à cura para o distúrbio, Amanda explica que isso vai depender da causa primária. “Caso sejam parasitas e estes sejam removidos, a cura é mais simples, o mesmo para deficiências nutricionais”. Já em casos de estresse, a cura é mais difícil, porém possível. “É necessária a mudança de ambiente, e isolar o animal, pois a introdução de novos animais no mesmo ambiente pode ser uma das causas, dentre outros fatores. Neste caso pode haver cura, mas talvez o animal continue se automutilando. Nesse sentido, o uso do produto inibidor ameniza a automutilação e evita que a ave se machuque”, finaliza a veterinária.

Piusana Papick

PiuSana PapickNo intuito de auxiliar especialistas e criadores no combate à automutilação em aves domésticas, o Laboratório Veterinário Mundo Animal possui em sua linha de produtos o Piusana Papick, um spray inibidor do ato de se bicar. Ele possui em sua composição um princípio ativo chamado Benzoato de Denatonio que deixa as penas com sabor extremamente amargo, evitando que o pássaro se automutile devido ao sabor ruim.

O medicamento pode ser utilizado em aves de todos os tipos e tamanhos e não tem contra indicações. Pode ser encontrado nos principais petshops do país e o preço médio do produto é R$14,00.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Linha Terapêutica

2 Respostas para “Automutilação: saúde e bem-estar mental são fundamentais para o equilíbrio das aves

  1. Luci mara Gerbasi

    E no caso de cães que se automutilam? Tenho uma Lhasa Apso de 11 anos que destróis as patas, adotei outro cão para companhia, foi tratada com tudo que existe no mercado tomou todos tipos de antialérgicos antibióticos, antifungicos, homeopatia, florais, terapias ocupacionais( passeios e atividades diferenciadas do dia-a dia que ela tinha) fez acupuntura, a única coisa que resolvia um pouco era um antialérgico a base de corticoide que ela não pode tomar mais porque desenvolveu diabetes. Por minha conta e risco ela está tomando fluoxetina de 15 mg todos os dias e tive que colocar o colar elizabetano nela, faz 10 dias que estamos tentando, mas é tirar o colar e ela avança nas próprias patas. Consultei vários bons veterinários na minha cidade e todos dizem que automutilação não tem cura. Será que vocês teriam mais alguma novidade para me ajudar com a minha filha peluda?
    Meu E-mail é maragerbasi@yahoo.com.br
    Obrigada de coração
    Mara

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s