Gatinha sobrevive à câmara de gás duas vezes nos Estados Unidos

Para quem duvida que os gatos tenham sete vidas, Andrea é a prova viva, literalmente. A gatinha foi submetida à câmara de gás duas vezes, mas escapou ilesa da morte.  A bichana foi condenada à morte em outubro de 2011, quando o abrigo em Utah, nos Estados Unidos, não conseguiu encontrar uma casa para ela num prazo de 30 dias.Segundo o jornal The Salt Lake Tribune, como a felina sobreviveu da primeira vez, o centro animal West Valley City tentou asfixiá-la com gás novamente. Já nesta tentativa, a gatinha não apresentou os sinais vitais, e os funcionários presumiram que ela estava morta. Eles então colocaram o corpo do animal em uma sacola plástica, dentro de um refrigerador.

Quando eles checaram a sacola novamente, tiveram uma surpresa: Andrea tinha vomitado e sofrido hipotermia, mas estava viva. Enfim, a equipe do abrigo mudou de ideia, pois acreditou que tudo o que aconteceu foi um sinal, e resolveu dar uma segunda chance para que a gatinha guerreira pudesse viver.

O desfecho da história foi mais que feliz: depois de ter sobrevivido à morte duas vezes, a felina ganhou uma nova dona disposta a cuidar muito bem dela.

E é devido a casos assim que a Mundo Animal apoia a adoção de animais e práticas como a castração para diminuir o número de bichos abandonados.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Curiosidades

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s