Mundo Animal apoia projeto de prevenção de zoonoses no litoral sul de São Paulo

Olá pet lovers, tudo bem com vocês? Hoje vamos falar sobre uma iniciativa da Mundo Animal em parceria com a Universidade de Santo Amaro.

O Projeto PEIC, que há 11 anos realiza palestras e mutirões de castração e vermifugação de animais, além da conscientização ambiental na região do Parque Estadual da Ilha do Cardoso (PEIC), na cidade de Cananéia, no litoral sul de São Paulo, conta a partir de agora com o apoio do Laboratório Veterinário Mundo Animal para suas atividades. Sempre disposta a contribuir com a relação do homem e seus animais de estimação, a empresa passa a realizar doações de antiinflamatórios, antibióticos, entre outros produtos que irão auxiliar nos procedimentos de castração, a fim de controlar o crescimento populacional de cães e gatos.

O trabalho é coordenado pelo Prof. Dr. Celso Martins Pinto, que ao longo de 11 anos tem realizado estudos na região que apontam para o alto índice de problemas de zoonoses. Segundo a responsável técnica da Mundo Animal, a veterinária Vanessa Lopes, na região, essencialmente constituída por flora e fauna selvagens, os animais domésticos vivem em condições inadequadas, propiciando a disseminação de doenças, pondo em risco também a saúde humana. Outro fator agravante é que muitos proprietários não dispensavam os cuidados básicos de saúde que os bichos necessitavam.

Para reverter essa situação, o projeto contou com várias etapas, como a conscientização da população local e de visitantes por meio de educação ambiental. A veterinária conta que a “as informações foram direcionadas para as explicações sobre os riscos de transmissão de doenças, prejuízos ambientais e maus tratos a que os animais ficam expostos nas condições de semi-domicílio ou abandono”.

Visando o controle da reprodução indiscriminada e indesejável, centenas de animais foram identificados e submetidos à cirurgia de castração. De acordo com a Dra. Vanessa, cães e gatos que passaram pelo procedimento foram monitorados até a sua completa recuperação.

Outros métodos também foram utilizados para garantir a saúde dos bichos habitantes do PEIC. Eles foram vacinados, a fim prevenir viroses e outras enfermidades, receberam medicação contra vermes, e também tratamento contra pulgas, carrapatos e ácaros causadores de sarnas.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Acadêmico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s